Outubro Rosa pede lingerie cor de rosa!


Por: Tais Moraes
Divulgue esse post:

Em meados do século 20 começou nos Estados Unidos o que daria origem ao hoje mundialmente conhecido movimento chamado Outubro Rosa. O nome do movimento é em relação ao laço cor de rosa que simboliza a luta contra o câncer de mama.

Muitas empresas, entidades e pessoas participam de muitas ações durante o mês de Outubro, seja lançando produtos exclusivos com verba revertida para instituições focadas na prevenção e cura do câncer de mama, ações que estimulem a prevenção e muitas outras atitudes voltadas para esse movimento tão importante.

Selecionamos vários conjuntos de lingeries na cor rosa em total inspiração ao movimento!

outubro rosa

Conjunto 1 – Compre aqui

Conjunto 2 – Compre aqui

Conjunto 3 – Compre aqui

Conjunto 4 – Compre aqui

São várias opções e vários tons de rosa para você escolher e se inspirar nessa luta!.

loja virtual lingerie

Conjunto 1 – Compre aqui

Conjunto 2 – Compre aqui

Conjunto 3 – Compre aqui

Conjunto 4 – Compre aqui

As lingeries se tornam ainda mais bonitas no corpo quando você está se cuidando. Antes de vestir seu sutiã, faça um auto exame das mamas como indica a imagem abaixo:

câncer de mama

Segundo os dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, além de ser o segundo tipo mais frequente no mundo, o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom.

No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Além do auto exame, se você notar alguma irregularidade nas mamas procure um médico especialista e se você tiver quarenta anos de idade ou mais faça o exame de mamografia, que é mais do que indicado para essa faixa etária.

O importante é se cuidar!


(Imagens: Intima Store/Reprodução).

Leia Também

Deixe o seu comentário

0 Comentários

Deixe o seu comentário!