Como saber se estou em trabalho de parto?


Por: Paula Makdissi
Divulgue esse post:

Além de todas as preocupações durante a gestação, é importante saber quais são os sinais de um trabalho de parto e como não confundir com as falsas contrações.

A primeira dica é estar com a mala da maternidade pronta pelo menos na entrada do terceiro trimestre. Não se esqueça de que o enxoval da mamãe é tão importante quanto o do bebê. A partir do terceiro trimestre, tenha uma malinha com camisola de amamentação, piijama, sutiã de amamentação e calcinhas pós parto

O médico pode identificar se o parto está próximo com o seguintes exames:

– toque do colo do útero: ficará cada vez mais fino e macio (ou “apagado”, como dizem os médicos) e dilatado — até 10 centímetros.
– cardiotocografia: é um exame realizado durante a gravidez para verificar os batimentos cardíacos e o bem estar do bebê, e é feito com sensores ligados à barriga da gestante que coletam estas informações
– Altura do útero: próximo ao parto (alguns dias ou até semanas), o bebê encaixa. Neste momento a altura uterina diminui e parece que a “barriga caiu”;
– Ganho de peso do bebê: no finalzinho da gestação, o bebê ganha bastante peso
– Idade da placenta: como o grau de maturação placentária avança conforme a idade gestacional aumenta, em idades gestacionais mais avançadas a placenta está geralmente mais amadurecida. Assim, próximo ao parto geralmente temos uma placenta grau II ou III

Existem alguns sintomas que você mesma pode observar:

– dor na região lombar das costas, muitas vezes acompanhada de uma cólica parecida com a pré-menstrual.
– As contrações acontecem em intervalos regulares e cada vez mais curtos, ficando mais intensas conforme o tempo passa
– Você pode notar uma secreção de muco amarronzada ou com traços de sangue, o chamado “sinal”. Se seu tampão de muco, que cobre o colo do útero, sair, o trabalho de parto pode ser iminente
– Sua bolsa rompe. Mas você só estará em trabalho de parto se as contrações também estiverem presentes.

As falsas contrações:

A contração falsa é um fenômeno que ocorre ao longo da gravidez em que os músculos do útero promovem o endurecimento da barriga por alguns segundos. Ela também é chamada de contração de Braxton-Hicks, em homenagem ao primeiro médico que falou a seu respeito, o inglês John Braxton Hicks.

Essas contrações não tem intervalos regulares e são de curta duração. Mas, se estiver em dúvida, é sempre bom procurar o médico.

Se esse tipo de contração fica mais frequente é mais um sinal de que o parto pode estar mais próximo.

Importante: combine com seu médico quando deve procurá-lo se começar a identificar muitos sintomas. Cada mulher é diferente, assim como cada gravidez, portanto, mesmo que não seja seu primeiro filho, fique atenta aos sintomas e exames.

Leia Também

Deixe o seu comentário

0 Comentários

Deixe o seu comentário!