Você ainda se diverte com seu parceiro?


Por: Redação
11 de abril de 2013
Divulgue esse post:

Olá leitores do Blog da Lingerie!

Hoje o nosso assunto é relacionamento!

É natural que o tempo torne mais escassos o friozinho na barriga e as gargalhadas à toa do início da relação. Mas isso não tem que ser uma regra. Coloque em prática nossas táticas espanta-tédio!


1. Volte ao passado

Pense em algo que era diversão garantida quando você tinha 10 anos de idade. Provavelmente isso ainda lhe causa boas sensações atualmente (lembra-se das guerras de bexiga d’água?). “O mesmo vale para a relação a dois: procure reviver situações que fizeram parte do passado de vocês”, sugere Ana Canosa, terapeuta sexual e diretora da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana. “Por exemplo, se faziam o perfil baladeiro, tentem um curso de dança de salão. Para os casais mais zen, vale programar viagens a lugares calmos e exóticos. Já os que viviam na companhia de amigos podem tentar atividades como entrar para um grupo de corrida ou participar de um trabalho comunitário.”

2. Ande em bando

Marcar encontro com outros casais pode fazê-la se lembrar dos motivos que a levaram a se apaixonar por seu parceiro. “Quando o convívio com alguém é constante, definimos a pessoa apenas pelas qualidades mais latentes”, diz a americana Kathleen Holtz Deal, coautora do livro Two Plus Two: Couples and Their Couple Friendships (inédito no Brasil). Ao vê-lo interagir com os outros, é possível que você pense “Ele é tão carismático” ou “Já havia me esquecido de como ele era bom em contar piadas”.

3. Passe medo
Quando forem a um parque de diversões, troque a roda-gigante pela montanha-russa. Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade do Texas, nos EUA, descobriu que as mulheres que tinham acabado de sentir o frio na barriga avaliaram os homens vistos em fotos como mais atraentes do que aquelas que aguardavam a vez na fila. A razão dos cientistas se baseia na teoria da transferência de excitação: a empolgação gerada pelo sobe e desce amplificaria o entusiasmo do estímulo seguinte. Mais: a descarga de adrenalina causada pelo brinquedo pode produzir uma reação semelhante à da atração sexual inicial – mãos suadas, batimentos cardíacos de quem acabou de correr…

4. Aceite um desafio

A prática de atividades competitivas ou desconhecidas é um poderoso gatilho de testosterona, carro-chefe dos hormônios sexuais, segundo pesquisadores da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos EUA. “Além disso, fazer algo inédito para ambos, como um curso de fotografia, traz assuntos diferentes para o dia a dia do casal e faz com que cada um descubra novas qualidades no outro”, diz Ana.

5. Vá para a cozinha
Não, não estamos sugerindo que você passe as noites esquentando sua barriguinha no fogão para agradar o paladar do amado. O que ajudará sua relação tem mais a ver com os alimentos que vão para o prato – e não exatamente com quem o cozinhou. Uma pesquisa americana mostrou que as mulheres são mais felizes quando comem uma refeição nutritiva em casa em vez de uma pobre em nutrientes fora. Por isso, vale até pedir comida pelo telefone – desde que ela seja saudável.

6. Frequente a arquibancada

Comparecer a eventos esportivos pode garantir que sua relação seja mais duradoura. Segundo Howard Markman, codiretor do Centro de Estudos Conjugais e Familiares da Universidade de Denver, nos EUA, casais que vão a jogos são mais propensos a permanecerem juntos do que aqueles que não frequentam estádios. “Ambientes ou situações novas e imprevisíveis induzem o casal a sair do comodismo dos programas habituais, renovando a relação”, fala Ana.

Em resumo: Caia na risada

Fonte: http://www.intimastore.com.br/

Até a próxima

Leia Também

Deixe o seu comentário

0 Comentários

Deixe o seu comentário!