Como precificar seus produtos?


Por: Redação
9 de julho de 2018
Divulgue esse post:

Muitos empreendedores ficam na dúvida na hora de calcular o preço ideal para a sua mercadoria. Para garantir a precificação dos produtos é possível seguir algumas fórmulas que podem facilitar a atingir a sua margem de lucro.

Para ter um valor do cálculo do preço de venda podem ser utilizadas duas regras. Entre as opções pode ter como base os custos ou então analisar os seus concorrentes.

Estes dois métodos são viáveis, pois permite adotar o preço de venda com cálculo de seus valores. Neste caso permite que o produto fique de acordo com o que é visto no mercado.

Entretanto, utilizar somente o valor do mercado não é ideal, pois sem o cálculo dos custos o preço pode ficar abaixo. Se você colocar um produto a venda com preço baixo pode trazer prejuízo para a sua empresa.

Como precificar seus produtos

Foto: Reprodução

Motivos para organizar a precificação de produtos

Na prática é preciso analisar diversos fatores para ter uma precificação. Fatores como momento econômico, a concorrência, público alvo e até custos internos são relevantes. A seguir veja alguns pontos que merecem destaque:

Conhecimento de custos e despesas

Ao definir uma estratégia de preço baixo pode ocasionar o prejuízo mesmo que ocorram boas vendas. Isto ocorre quando o faturamento não é suficiente para cobrir tudo.

Quando fala em custos é preciso ver todos os itens relacionados à atividade, como o pagamento dos fornecedores.

Margem de lucro

É fundamental definir uma margem de lucro, pois não adianta o valor cobrir apenas o custeio. O lucro ocorre da diferença do faturamento das vendas da sua mercadoria ou do serviço e seus custos. O valor apenas é bruto se considerar os gastos com relação à atividade e líquido com tudo que sair do caixa.

Na hora de definir é preciso que tenha um equilíbrio, mas lembrem-se que os preços baixos trazem problemas as finanças. Já os valores altos criam uma barreira com o cliente e aumenta o número de mercadorias no estoque.

Atenção ao mercado

O mercado precisa ter acompanhamento, portanto, o seu preço de venda deve estar compatível e não distante dos seus concorrentes.

No entanto, algumas campanhas podem deixar o preço baixo, mas é algo temporário. Este tipo funciona com estratégia pontual, mas não deve ser levado como valor para a empresa.

Fórmulas para precificar seus produtos

Para precificar seus produtos o ideal é utilizar regras para o valor ideal. Uma opção básica é a soma entre o custo do produto, percentuais de custos, despesas fixas e variáveis e percentual de lucro.

Para isto você pode calcular o custo do produto, os gastos variáveis do produtos, os gastos fixos e o percentual ou valor do lucro pretendido.

Caso ainda exista dúvida o ideal é recorrer a treinamentos para aprofundar seus conhecimentos. Ao ter segurança no cálculo é possível trazer o sucesso financeiro para a sua empresa.

Após ter feito o preço da venda é preciso ver com o mercado. Neste ponto não deixe de observar se o custo está abaixo do valor do mercado. Com este quesito é possível vender no valor calculado ou se vai aumentar conforme o valor de mercado para ter uma boa margem de lucro.

Neste ponto o preço fica acima e pode ser feito a análise para reduzir os gastos, ou a margem pretendida.

Com esta base fica mais fácil chegar ao preço competitivo para o seu produto. Em alguns casos, fica a critério decidir pelo número acima do mercado, porém, é preciso investir em diferenciais como atendimento, marca ou entrega.

Em exemplo, algumas empresas utilizam a redução de percentuais de lucro em alguns produto para atrair os clientes. Com esta estratégia o empreendedor vai ter alguns prejuízos em alguns produtos, mas um lucro maior em outros.

No final das contas o seu sucesso ocorre conforme a composição de vendas de todos os produtos que foram vendidos.

Leia Também

Deixe o seu comentário

0 Comentários

Deixe o seu comentário!