Cadê o romantismo? A culpa é de quem?


Por: Prisicla M.
5 de abril de 2012
Divulgue esse post:

É muito comum hoje em dia, ver o homem reclamando da mulher e a mulher reclamando do homem. Elogios tem passado longe das relações duradouras. O tempo passa e vira rotina. Por que isso acontece?

Há um tempo atrás, em um supermercado, presenciei uma situação, e quando este tema é abordado, gosto de contar a meus amigos.

Na fila da padaria, não tive como evitar ouvir a conversa de um casal. A esposa estava dizendo ao marido sobre o aniversário de casamento deles, e que desejava viajar com ele no fim de semana. O cara vira e responde: Ah, mas para que? Vou trabalhar a semana inteira, não tem como.

Ela diz: Poxa, mas é uma data especial, podemos conhecer outro lugar, mesmo que pertinho. E pode ser romântico… O cara, com toda a sutileza de um CAVALO responde… Ah, já passamos desta fase né? A mulher ficou quieta… e eu vermelha: de raiva! E pensei… É aí que brota a INFIDELIDADE.

Pergunto-me por que as coisas mudam com o tempo. Será culpa de quem? Da mulher, que tem que se dedicar ao trabalho, casa e filhos, que mal tem tempo para ela e MESMO ASSIM, encontra tempo para o marido, ou do homem, que por não precisar mais conquistar, se acomoda?

Costumo dizer que a melhor fase de uma relação é JUSTAMENTE O NAMORO. Isso porque tem o mistério, o carinho aflorado e a individualidade preservada. Claro, pois isso se perde com o casamento. O fato de dormir e acordar, todos os dias, com uma pessoa diferente de você, é sempre muito complicado. Só amando muito. Por certo que todas as fases têm seu lado positivo. Cada uma delas. Mas, certamente, uma das coisas que ao longo do tempo, os casais perdem é o romantismo e a conquista. Todos os dias, devemos conquistar a pessoa que está ao nosso lado. Se estiver do seu lado, é por que ambos se amam. Mas o dia a dia é cruel e é por isso, que não se pode perder isso nunca.

Ouvi uma frase um dia que diz muito a respeito deste tema: “o difícil não é conquistar várias mulheres, mas sim, conquistar a mesma, várias vezes.” Homens, NAMOREM SUAS MULHERES! As levem para jantar, para um hotel, para um motel. Mande flores. Ela é a mesma de quando namoravam, e gestos gentis sempre farão com que elas se mantenha apaixonada, manterá a chama acesa… Mulheres, SEDUZAM SEUS MARIDOS. Usem uma bela lingerie, escrevam bilhetinhos. Falem bobagens ao pé do ouvido… realizem fantasias. Ele não deixou de gostar disso por que se casou.

Senão, tudo se torna ainda mais complicado, as diferenças  tornam-se insuportáveis. Tudo gira em torno da conquista e mais que isso, de se importar com o outro. Nada de acomodação! Resgatem o que há de melhor em vocês em matéria de conquista. Para que o tempo não transforme o seu homem, em um babaca da fila da padaria, insensível e egoísta!

O mesmo, digo as mulheres… se você não se importa mais em ser uma mulher atraente, vai perder o melhor da relação, e poderá arrastar seus dias, sendo apenas mãe e uma profissional em qualquer hora. Deixará de ser mulher, e abrirá espaço para que outra mulher seja… e por besteira e comodismo.

Pensem nisso!

Por Priscila Mafra

Leia Também

Deixe o seu comentário

1 Comentário

  1. Suellen disse:

    Olá Priscila tudo bem??
    Olhando alguns blog’s me deparei com o seu e esse textos perfeito q descreve corretamente a minha vida…Obrigada pelas palavras…obrigada por fazer com q eu enxerga se rs obrigada msm

Deixe o seu comentário!