4 Erros que os casais costumam cometer!


Por: Redação
13 de fevereiro de 2013
Divulgue esse post:

Olá leitores do Blog da Lingerie!

Hoje o nosso assunto é sobre relacionamento, 4 erros que os casais costumam cometer!

Ninguém está livre de errar, ainda mais dentro de um relacionamento com duas pessoas diferentes. “Pelo que tenho observado, muitos casais erram nas mesmas coisas. Na realidade, estão tentando se acertar, se adequar um a outro”, observa a terapeuta de casais Ana Paula Cavalcante Pinto, do Rio de Janeiro. Muitas vezes, nessa busca pelo perfeito encaixe, homem e mulher acabam deslizando na conduta e prejudicando o relacionamento. Identifique e corrija os maus hábitos para o bem estar do seu amor com as dicas da terapeuta.

Bico calado, cara amarrada
Estresse, TPM, cansaço: tudo é motivo para encurtar a paciência de uma mulher. Uma pequena atitude do rapaz pode deixá-la irritada além da conta e, com isso, se aborrecer com o parceiro e adotar a lei do silêncio. “Evitar o diálogo não resolve a situação e ainda gera outros conflitos. Ele vai insistir em querer conversar, nem que seja para descobrir o que está acontecendo. Acaba que os dois ficam ainda mais aborrecidos”, observa. A solução? “Deixe a birra de lado e tenha uma conversa franca, consistente, expondo seus sentimentos”, orienta a terapeuta.

Não, não e não!
Se você não abre mão da sua vontade uma única vez que seja, pode estar colocando o seu relacionamento em risco em nome do ego. “Isso costuma ser um problema frequente entre os casais. As pessoas são muito teimosas e querem sempre impor aquilo que acreditam. Aí fica aquele impasse e ninguém se entende”, lamenta. O jeito é baixar a bola e buscar ser mais flexível.“Pense bem, será que cedendo você vai se prejudicar tanto assim? Provavelmente não. Procure aceitar a vontade do outro vez ou outra. Mas sempre de forma equilibrada para que um não fique em desvantagem em relação ao outro”, afirma Cavalcante.

Tempo: o grande inimigo
Quem está junto há um tempo sabe que, se seguir o ritmo da rotina, acaba deixando de lado detalhes fundamentais para um relacionamento amoroso. “A correria do dia a dia, o trabalho, a academia, até mesmo o trânsito sugam as energias do casal. Dificilmente no fim do dia sobra um tempo para namorar. A pessoa chega em casa tão cansada, que no máximo assiste a um filme e dorme. Isso acaba esfriando a relação”, diz ela. Para reverter o quadro, ao primeiro sinal de espaço na agenda, invista no seu amor. “Se sobrou uma horinha livre, aproveite para namorar. Faça um jantar romântico ou um programa que os dois adorem. Até mesmo um momento para conversar ajuda bastante”, ensina a terapeuta.

Casal de gelo
No início do amor, um não larga do outro. Com o tempo, o sexo passa a ficar em segundo plano. “Um casal que não transa, ou apenas tem relações por obrigação torna a companhia do outro desagradável. Isso faz com que a qualidade do relacionamento diminua a ponto de se chegar a triste conclusão de que o amor acabou”, revela. Para reacender a paixão, o segredo é a perseverança. “Não deixem de estar juntos. Se o sexo foi ruim, conversem para que da próxima vez seja melhor. Aos poucos vocês vão se afinando e reduzindo esse afastamento”, finaliza.

Fonte: http://www.bolsademulher.com/

Até a próxima!

Leia Também

Deixe o seu comentário

0 Comentários

Deixe o seu comentário!